04/12/2017 // Artigos

Como um paciente pode encontrar um médico através do Google?

Além de acessar as redes sociais, portais de notícias e plataformas de entretenimento, a maioria dos brasileiros realiza pesquisas diárias no Google. Dados revelam que, a cada segundo, são feitas mais de 2 milhões de pesquisas em sites de busca.

Entre os termos mais pesquisados há aqueles relacionados a problemas de saúde, tratamentos, sintomas e até medicamentos.  De acordo com um levantamento do Google Trends, palavras como “dor nas costas”, “pedra nos rins”, “cãibra”, e “nervo ciático” estão entre as mais buscadas pelos internautas do Brasil.

Evidentemente, há milhares de outras buscas relacionadas a diferentes especialidades de saúde, incluindo urologia, cirurgia plástica, pediatria, psiquiatria etc. Mas afinal, o que acontece quando alguém acessa o Google e digita algum termo relacionado à sua área de atuação?

 

A primeira página de pesquisa

Assim que um internauta digita qualquer palavra associada a questões de saúde, o Google retorna com dezenas de resultados pertinentes. Na primeira página são apresentados os blogs e sites mais relevantes, isto é, que possuam conteúdos de alta qualidade e sejam bem-avaliados por outros canais. Mais especificamente, a relevância de um site é mensurada conforme critérios como:

→ profundidade e exclusividade dos conteúdos;

→ contextualização com palavras-chaves;

→ velocidade de carregamento;

→ usabilidade (facilidade de navegação);

→ responsividade (capacidade de se adequar a diferentes tamanhos de tela);

→ links externos de alta reputação.

Assim, os sites médicos com maior probabilidade de acesso durante uma pesquisa no Google são aqueles que obtêm uma excelente avaliação em todos esses fatores.

 

A jornada de pesquisa de um potencial paciente

Ao sentir uma dor de cabeça persistente, uma pessoa pode acessar o Google e buscar por “tratamento para enxaqueca”. Quando visualizar a primeira página de respostas, ela provavelmente irá clicar nos primeiros resultados orgânicos, que são exibidos logo abaixo dos anúncios do topo.

O grande desafio, portanto, é fazer com que o seu site médico esteja sempre posicionado nos principais resultados orgânicos do Google. Somente assim será possível aumentar consideravelmente o número de potenciais pacientes que chegarão até você.

Para isso, é essencial implementar um projeto completo de SEO integrado a estratégias de inbound marketing, que serão responsáveis por reter a atenção do potencial paciente enquanto ele estiver navegando pelo site.

 

Considerações importantes

Conquistar um excelente posicionamento no Google e garantir que o seu consultório seja encontrado por centenas de pessoas requer tempo e consistência.  Em outras palavras: é necessário investir em uma estratégia de médio e longo prazo com produção contínua de conteúdos, mapeamento periódico de palavras-chaves e publicação de artigos em sites externos.

Para médicos ou clínicas que têm um site desatualizado, a indexação no Google pode ser ainda mais complexa, exigindo o suporte de uma agência especializada em marketing médico e SEO.

Nós, da In Company, temos toda a expertise necessária para planejar e implementar projetos de marketing para clínicas, consultórios, hospitais e demais profissionais da saúde em geral como: fisioterapeutas, nutricionistas, estúdios de yoga e pilates, academias, coaches de saúde fitness e outros.

O objetivo dos nossos projetos é: gerar e agregar valor às marcas e aos negócios dos nossos clientes, contribuindo para a reputação dos profissionais da saúde, posicionando as suas áreas de atuação de maneira correta no mercado, sem ferir o código de ética do Conselho Federal de Medicina.

 

alexandre-1.1-com-gravata-423x600

Alexandre de Souza Teixeira

Sócio Diretor

41.3362-1330 / 41. 99689-2980

alexandre@incompanypr.com.br

www.incompanypr.com.br

Voltar